EMPREGA MAIS GOIÁS

O SEU PORTAL DE EMPREGOS

Ótimas dicas para se sair bem em uma entrevista de emprego
ARTIGOS

Ótimas dicas para se sair bem em uma entrevista de emprego

Iremos listar aqui ótimas dicas para quem quer se sair bem em uma entrevista de emprego.

Mas antes de começarmos, para aqueles que se queixam não ter recebido sequer uma resposta sobre a sua avaliação em uma entrevista de emprego, é preciso que se faça as seguintes perguntas:

  • Você chegou para a entrevista na hora marcada?
  • Sua aparência estava boa?
  • Pesquisou a respeito da empresa que o estava entrevistando?
  • Foi um bom ouvinte durante a entrevista?
  • Começou bem quando pediram que falasse?
  • Conseguiu estimular o interesse do entrevistador?

Estes são os quesitos básicos que se espera que o candidato preencha em uma entrevista de emprego.

Se você não os atendeu, ou falhou em algum desses pontos, pode ser que seja considerado apto para a próxima fase. A seguir, iremos destacar mais alguns pontos a respeito.

Ótimas dicas para se sair bem em uma entrevista de emprego

Se destacando dos demais candidatos

Quando uma empresa precisa contratar alguém, busca contratar o melhor candidato possível para a vaga que tem.

Anuncia em jornais, na Internet, e recebe um volume enorme de currículos.

Como geralmente são muitos os currículos enviados, a seleção prévia ocorre pela simples leitura, e aqueles que não preenchem exatamente os requisitos solicitados são descartados imediatamente.

Portanto, este é o primeiro cuidado para conseguir uma entrevista de emprego: candidate-se somente para as vagas para cujo perfil você tem qualificações.

E não é só isso: busque as vagas para as quais você tem destacada experiência, ou excepcional capacidade/habilidade.

A empresa quer contratar o melhor. Trate, então, de ser o melhor.

A ENTREVISTA DE PRÉ-SELEÇÃO

Quando a empresa tem vários currículos que lhe interessam e atendem a sua demanda, mas querem ter mais garantia de acertar na escolha do candidato, costuma promover uma entrevista de pré-seleção.

Geralmente é uma entrevista que não dura mais do que meia-hora, e serve para que o entrevistador pesquise detalhes específicos da vida profissional ou da personalidade de cada candidato.

A intenção da entrevista é procurar, não as qualificações, mas as características indesejadas do candidato.

Em geral, nessas entrevistas são verificadas:

1) falta de experiência ou treinamento para a função
2) problemas relacionados com a saúde
3) indisponibilidade para começar no novo emprego rapidamente
4) expectativas salariais exageradas

Outros detalhes também são analisados pelo entrevistador, e que têm relação com a sua estabilidade e desenvolvimento profissional

  • Teve períodos de desemprego? Por quê?
  • Quais as razões de ter deixado os empregos anteriores? (Existe um padrão? Você é um dessas profissionais que vivem pulando de emprego em emprego?)
  • Teve progressos salariais durante sua carreira?
  • As datas de entrada e saída de emprego não coincidem, no seu currículo? (Isto é para esconder períodos de desemprego?)
  • A formação acadêmica declarada é incompleta? Você levou mais tempo do que o normal para concluir um curso?

Como você será avaliado

Alguns fatores de seleção vão permitir que o entrevistador avalie o seu desempenho na entrevista.

Claro que os detalhes variam de empresa para empresa, mas no geral serão avaliados os seguintes pontos:

  • Assertividade
  • Entusiasmo
  • Responsabilidade
  • Maturidade
  • Habilidade de relacionamento

As pesquisas do Grupo Catho revelam que as cinco características de personalidade consideradas mais positivas são as seguintes:

  • Dinamismo
  • Espírito de Equipe
  • Iniciativa
  • Comunicabilidade
  • Eficácia

Essas cinco características definem um certo perfil que engloba qualidades tais como extroversão, atividade constante e dirigida, pre-disposição para a ação objetivada, pragmatismo e realização de ideias/tarefas, além de simpatia e fluência de relacionamento interpessoal.

Em resumo, é isto o que o entrevistador quer ver em você.

As cinco características consideradas mais negativas são as seguintes:

  • Preguiça
  • Falsidade
  • Descontrole emocional
  • Falta de educação
  • Grosseria

Podemos criar polaridades entre aspectos mais positivos e mais negativos da seguinte maneira:

  • Dinâmico X Preguiçoso
  • O que tem iniciativa X Descontrole Emocional
  • Comunicativo X Grosseiro
  • Confiável X Falso

TÉCNICAS DE QUESTIONAMENTO

O entrevistador vai se dirigir a você de maneiras diferentes, dependendo do que quer saber.

Poderá fazer perguntas diretas (“quanto tempo trabalhou para a empresa tal?” ou “Quantos subordinados você teve no último emprego?”) ou perguntas abertas (“Fale um pouco do seu trabalho atual”, “Como você se descreveria como profissional?”).

Quando as perguntas forem diretas, é porque o entrevistador está querendo levantar pontos específicos.

Pode ser que a resposta que você deu não seja satisfatória e o entrevistador insista.

Aí pode virar um interrogatório e você corre o risco de ficar na defensiva.

Dica: tente antecipar as questões que ele fará, e ganhará tempo e tranqüilidade.

Quando as perguntas forem abertas, a intenção do entrevistador é fazer você falar bastante.

Se o entrevistador fala muito, ele deve ser fraco ou inexperiente.

O bom entrevistador é aquele que faz com que você fale a maior parte do tempo.

Quem é o alvo da entrevista?

O alvo da entrevista é você! Jamais se esqueça disso.

Por isso, evite respostas vagas e vazias – você estará prejudicando a você mesmo.

Por isso, evite esconder informações – o bom entrevistador insistirá até descobrir o que quer.

Por isso, seja específico – cite exemplos e esclareça.

Por isso, explore valores e sentimentos – isso contribuirá para mostrar quem você é.

Por isso, faça silêncio quando o entrevistador falar – saber ouvir é importantíssimo.

Por isso, procure fazer um resumo de suas idéias quando terminar de falar.

O entrevistador está jogando contra ou a favor?

Assim que a entrevista for concluída, o entrevistador terá como tarefa escolher entre os pontos que considerou positivos e negativos em você, para então fazer um julgamento e chegar a um veredicto.

Esta não será jamais uma equação matemática.

Fatos não bastam – a sua história profissional está no seu currículo, e não há como mudá-la; mas os traços de personalidade e de caráter que você demonstrou contarão muito contra você ou ao seu favor.

Habilidades: Você consegue pensar com lógica? Também é capaz de se expressar com clareza? A rapidez de entender o ponto central de uma questão, a clareza de diferenciar o que é importante e o que não é importante numa conversa, tudo isso contará para o julgamento do entrevistador.

Relacionamento: Nenhum empregador e/ou recrutador irá contratar um colaborador que irá lhe trazer problemas futuros. Sendo assim, a sua habilidade em relacionamentos irá ser crucial (Você tem muitos amigos? Tem senso de humor? Sabe ouvir? Compreende as pessoas?)

Observe que são muitos os pontos que serão analisados e o entrevistador precisa ficar atento a todos eles.

Independente dos pontos positivos ou negativos, tenha em mente que eles contarão pontos para a sua avaliação.

Atitudes que conquistam um entrevistador

  • Asseio
  • Postura
  • Tato
  • Cortesia
  • Confiança
  • Calor humano
  • Entusiasmo
  • Alegria
  • Otimismo
  • Humor
  • Um firme aperto de mão
  • Boa pronúncia
  • Bom vocabulário
  • Boa gramática
  • Se expressa com clareza e eficiência

O seu corpo também fala (e muito)!

Ao passar por uma entrevista, você deve ser você mesmo, autêntico e real. Portanto, não há como ensaiar para ser você mesmo.

Mas alguns sinais negativos que inadvertidamente você poderá estar passando pelos gestos para o entrevistador podem ser evitados. Pense nisso.

Primeiro, o corpo não sabe mentir – portanto, a mensagem do corpo enfatiza ou desmente o que você diz em palavras, e em algumas situações pode colocar você em situação incômoda.

Se você estiver tenso ou inseguro durante a entrevista, possivelmente apresentará uma postura rígida, ombros voltados para a frente, olhos bem abertos.

Se você estiver confiante, estará ligeiramente inclinado para a frente como um ouvinte interessado.

Se for arrogante tenderá a apoiar as costas na cadeira, mantendo distância do entrevistador.

Se você estiver inseguro porque não consegue emprego, talvez o seu corpo assinale isto com a posição da cabeça, abaixado, apoiada no peito, e olhos baixos.

Se você for persuasivo, possivelmente utilizará gestos lentos e largos, voz ressonante e manterá a cabeça no mesmo nível que o entrevistador, com uma respiração leve e regular.

Esperamos que estas dicas para a entrevista de emprego possam lhe ajudar a se sair bem em uma entrevista de emprego e claro, conseguir a tão sonhada vaga!

Boa sorte a todos(as)!

Siga-nos nas redes sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/emprega.maisgoias/

Twitter: https://twitter.com/empregagoias

Facebook: www.facebook.com/empregamaisgoias

LinkedIn: O Emprega Mais Goiás também está na rede social mais utilizada no âmbito profissional, acesse o nosso perfil em: https://www.linkedin.com/in/empregamaisgoias/

Desejamos boa sorte a todos os candidatos!

@empregamaisgoias #vagasempregogoiania #empregosgoiania

O Emprega Mais Goiás não se responsabiliza pelo conteúdo de nenhuma oferta de emprego divulgada no portal. Os conteúdos das vagas são de responsabilidade dos anunciantes.

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS:

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *